A propaganda política dentro da igreja II - crime camuflado e pecado declarado - um exemplo verídico de hipocrisia

Recomendo que cristãos e não cristãos leiam e peço que reflitam acerca dos fatos, e mesmo na breve analise bíblica quero mostrar a todos que até um leigo acerca da bíblia perceberá o crime e a heresia cometida.

Quando foi exposto a relação entre o desrespeito das leis civis e das Leis  Espirituais em A propaganda política dentro da Igreja , eu pretendia fazer uma breve descrição dos aspectos jurídicos e da quebra de princípios de caráter e honra. O que configurava um crime perante os homens e pecado perante Deus.

Neste domingo dia 23/05/2010, pude presenciar tais abominações com meus próprios olhos. Fui a um "seminário" cuja finalidade era supostamente "crescimento espiritual e avivamento". Dentro da programação haveria 4 pregações (palestras) cujos temas eram família, avivamento, ganhar almas e moderação.

Tal seminário de cunho evangélico era presidido pelo líder nacional de uma denominação evangélica, a Igreja do Evangelho Quadrangular.

Em princípio, as palestras se seguiam dentro do que se esperava, eram feitas algumas breves exposições apoiadas em versículos da bíblia. o evento tinha bom potencial para ser produtivo, até que se iniciou a palestra acerca de ganhar almas (termo comum entre evangélicos para designar o evangelismo que visa a converter pessoas as igrejas ou a Cristo (disse "ou" por nem sempre ficar evidente se o objetivo é abarrotar as igrejas de fiéis ou se é conduzir as pessoas a um encontro genuíno com Deus).

O preletor que é um pastor (responsável estadual por missões ou seja pela elaboração de estratégias para que o Evangelho seja pregado às pessoas). O relato que se segue é como ele expôs e os textos bíblicos por ele utilizado, (resumirei a fala dele e vou me concentrar no ponto que diverge do que é lícito, ou para ser mais objetivo a onde começa as heresias).

"O Evangelho é o poder de Deus para todo aquele que Nele crê e para  se "ganhar almas"  existem 4 formas de se cumprir este objetivo:

1º Orar
2º Ir
3º Contribuir financeiramente
4º Votar- Leiam em casa o texto de Deuteronômio 17: 14-16."

O pastor dentro de suas explicações recomendou dentro do "Ir" que se pregasse a um número de pessoas com o alvo de "ganha-las" em 1/3, ou seja prega-se para 3 e ganha 1, por exemplo.
Até este ponto, não se havia feito heresias ou manipulações explícitas, mesmo que eu não entenda de onde saiu esta estatística de 1/3. Então ele começou a explicar  o 4º ponto...

4º ponto. - VOTAR , o pastor alegou que era preciso escolher um Daniel (Nota minha: personagem bíblico que teve grande poder político-administrativo durante o império babilônico e medo-persas, mas que se destacava por ter um caráter de fidelidade diante de Deus e de não ter em nenhum momento demonstrado sede de poder ou ganância por cargos administrativos).

Aonde esta o crime? Provavelmente no fato de se ter um deputado participando do evento e de ele ser o líder da igreja e de se colocar um pastor para dizer que os presentes deveriam votar em um "homem de Deus". Não sei se classifico isto como pouca vergonha, mensagem subliminar ou simples manipulação da boa vontade alheia. Ou será mera coincidência....

Aonde está a heresia? Antes vamos definir o que é heresia:

Heresia - São ideias contrárias ou deturpações e má-interpretações contrárias às Doutrinas e Verdades da Bíblia, dos profetas e de Jesus Cristo.

"Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição". II Pedro 2:1

 A bíblia nada diz no novo testamento acerca de votar em alguém para cargos políticos como forma de se ganhar alguém para Cristo. No Velho Testamento, tem-se exemplos de homens como José (livro de Gênesis 37 a 50) e Daniel (livro de Daniel), que são frequentemente desvirtuados ao serem utilizados como padrões para o caráter de administradores públicos, ambos foram idôneos e se estivessem no congresso, senado ou prefeituras certamente não teriam nenhuma condenação na justiça. Nenhum dos dois NUNCA demonstrou ganância com poder e ambos cumpriam missões especiais da parte de Deus.

José enquanto segundo homem no poder no Egito, abaixo apenas do Faraó, entendeu que havia chegado a tal posição para preservar sua família e o povo de uma grande crise de abastecimento de alimentos. Divinamente informado José orientou a faraó que guardasse alimento durante 7 anos de abundância pois seguiriam-se 7 anos de seca e fome), o que chama a atenção é que não se encontra escrito que José pediu emprego, promoção ou cargo público. Ele foi promovido pelo mérito da Revelação dada por Deus a ele e por seu caráter e sabedoria.

Daniel foi um instrumento de Deus para orientar aos reis da babilônia e persa acerca da Soberania e Domínio de Deus sobre toda a humanidade e cada nação, também profetizou acerca de acontecimentos futuros (dos quais admite-se que parte se cumpriu historicamente e parte ainda se cumprirá, estando descrito no livro de Apocalipse. Daniel nunca cobrou para falar da parte de Deus aos reis, nem pediu cargos e nem participou de eleições).

É claro que os contextos históricos eram outros e tive de ser sucinto não me aprofundando acerca destes dois heróis da fé, mas posteriormente o farei e recomendo a quem tiver interesse que o pesquise, é muito enriquecedor

Continuando....Já que o preletor utilizou uma passagem bíblica, vamos ao texto:

14 Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te dá, e a possuíres e, nela habitando, disseres: Porei sobre mim um rei, como o fazem todas as nações que estão em redor de mim;
15 porás certamente sobre ti como rei aquele que o Senhor teu Deus escolher. Porás um dentre teus irmãos como rei sobre ti; não poderás pôr sobre ti um estrangeiro, homem que não seja de teus irmãos.
16 Ele, porém, não multiplicará para si cavalos, nem fará voltar o povo ao Egito, para multiplicar cavalos; pois o Senhor vos tem dito: Nunca mais voltareis por este caminho.
Ao se utilizar versículos da bíblia é preciso que se tenha simples e indispensáveis cuidados:
não utilizar versículos isolados do texto e nem fora de contexto histórico-bíblico. É muito comum utilizar-se até metade de uma período ou frase para se justificar uma ideia ou orientação, o que já originou incontáveis erros de interpretação e que faz surgir centenas de igrejas, com doutrinas adversas ás Escrituras Sagradas.

Qual o texto e contexto de Deuterônomio cap 17:14-16?

Faz parte do texto do capítulo 17, versículos 14-20 e o contexto trata acerca de orientações para o povo de Israel quando quiserem ter um rei sobre eles, pois até então eles viviam como escravos no Egito e haviam sido libertos miraculosamente por Deus e estavam a caminho a Terra prometida. Até o momento o povo seguia orientações dadas por Deus, mediante Moisés.

Quando foi que se escolheu um rei utilizando estes critérios pela primeira vez na Bíblia?

Foi em I Samuel 8:1-22. O texto fala da situação em que Israel era julgada por juízes, muitas vezes surgidos do meio de crises e guerras, sem mandato definido e que eram homens responsáveis por questões administrativas e orientação Espiritual do povo. Samuel era juiz e sacerdote e havia julgado Israel até a sua velhice. Seus dois filhos sucederam a ele mas não foram íntegros de carater, eram inclinados a avareza, ou seja gananciosos.

4Então todos os anciãos de Israel se congregaram, e vieram ter com Samuel, a Ramá,
5 e lhe disseram: Eis que já estás velho, e teus filhos não andam nos teus caminhos. Constitui-nos, pois, agora um rei para nos julgar, como o têm todas as nações.
6 Mas pareceu mal aos olhos de Samuel, quando disseram: Dá-nos um rei para nos julgar. Então Samuel orou ao Senhor.
7 Disse o Senhor a Samuel: Ouve a voz do povo em tudo quanto te dizem, pois não é a ti que têm rejeitado, porém a mim, para que eu não reine sobre eles.

Atenção ao versículo 7, Deus foi rejeitado pelo povo, por mais incrível que possa parecer Deus preferia que o povo estivesse debaixo da orientação dos juízes, pois estes atendiam aos desígnios de Deus.. Um outro e principal problema seria o fato de "...Constitui-nos, pois, agora um rei para nos julgar, como o têm todas as nações... " I Samuel 8:5, Deus não queria que seu povo imitasse as nações vizinhas a Israel..

Então relacionando Dt 17:14-20 a I Sm 8:1-22, percebemos que o modo e o momento da escolha do rei não refletia a vontade de Deus para o povo dele, mas podemos depreender que Deus sabia da inclinação das pessoas a imitarem outros povos e costumes e antecipou-se a estas situação.

A partir do que foi pregado percebo uma imcopatibilidade, pois citou o fato de se "escolher o candidato dentre os irmãos da igreja" . Mas fazendo uma análise mais ampla percebe-se a rejeição de Deus nesta escolha de um rei.

Isto quer dizer que não se deve escolher candidatos com carater, valores espirituais e capacidade administrativa? De certo que se deve sim eleger pessoas comprometidas com povo sobre o qual governam e representam. Mas não utilizando-se de deturpações de textos bíblicos.

- É anti-bíblico afirmar que Jesus mandou votar em alguém para que se ganhem almas.
- O texto utilizado tem limitação de significado e um contexto histórico específico e a má -interpretação é também uma heresia, por acrescentar um significado maior do que o contido.
- O uso de textos bíblicos para objetivos pessoais (como preparar o terreno para lançar candidatura a reeleição é criminosa e herética) e por meio de joguetes psicológicos é mesquinho, vil e de grande desrespeito a Deus que certamente vê tudo isso e há de recompensar a cada um segundo suas obras.

Se isso tudo não fosse suficiente, poderia acrescentar mais uma observação que está em: Dt 17:17

17 Tampouco multiplicará para si mulheres, para que o seu coração não se desvie; nem multiplicará muito para si a prata e o ouro. (grifei)

Segundo o portal da Ong Transparência Brasil, a declaração de patrimônio declarado a Justiça Eleitoral deste ilustre pastor-político é:


Patrimônio
Montante
APLICAÇÃO FINANCEIRA BANCO DO BRASIL
R$ 1.918.080,00
CASA BELO HORIZONTE (1º) - MG
R$    180.000,00
CASA BELO HORIZONTE (2º) - MG
R$    180.000,00
AUTO FORD F250 - 1999
R$     80.000,00 
Soma dos bens declarados em 2006                                R$ 2.358.080,00 

É isso mesmo. Um líder Evangélico cujo patrimônio é de mais de R$ 2,5 milhões de reais, acredito que dá para converter em bastante ouro e prata, vejamos: o grama do ouro a R$ 71,50 dá um montante de 35,5  Kg, o que são 35 quilos de ouro? imagine que um par de alianças de casamento, que é o único ouro da maior parte dos brasileiros, no meu caso é de 11 gramas, ou 0,011 Kg.

Então se o texto utilizado na pregação não foi o mais adequado, este aspecto do ouro e prata nos mostra que definitivamente precisa-se de um candidato que seja dos irmãos e que não tenha muito ouro no cofrinho.

E para encerrar o "seminário" de crescimento espiritual foi doado a cada família participante um DVD, com as realizações e projetos da igreja. E na capa e contra-capa estava o nome da igreja e ao lado sabe o que mais?
uma cruz? NÃO.
Uma Ilustração de Jesus? NÃO
O logotipo da igreja? NÃO.
Fotos dos membros da igreja? NÃO.
A capa e contra-capa era a foto do próprio pastor-político.

O que se pode aprender deste triste episódio é que homens de consciência corrompidas e que são amantes de si mesmos andam a devorar o rebanho de ovelhas e estão a se vestir com a pele delas. Eles seguem tropeçando e arrastam outros que agindo na simplicidade da sua fé lhes confiam o privilégio de pregar o Evangelho e cuidar destas vidas.

Eu como não posso ser cúmplíce de heresias e ja suspeitando das posturas destes senhores feudais e coronéis de igreja ja tinha antecipado-me e publicado um jornal impresso com os três artigos  om uma tiragem de 200 cópias, inclusive entreguei uma nas mãos de tão inspirado pastor:


Como ja declarei sistemas religiosos tendem a ser manipuladores e condicionados a metas quantitativas e não qualitativas. É lamentável que a Bíblia e o nome de Deus sem calcados e difamados devido aos maus testemunhos de alguns, mas como já esta escrito:

12 Estes são os escolhidos em vossas festas de amor, quando se banqueteiam convosco, pastores que se apascentam a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos; são árvores sem folhas nem fruto, duas vezes mortas, desarraigadas;
13 ondas furiosas do mar, espumando as suas próprias torpezas, estrelas errantes, para as quais tem sido reservado para sempre o negrume das trevas. Jd 1:12-13

"1 E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
2 E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
3 E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita. II Pe 2: 1-3

1 Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
2 Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
3 Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
4 Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
5 Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
6 Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;
7 Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.
8 E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.
9 Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles.
10 Tu, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de viver, intenção, fé, longanimidade, amor, paciência,
11 Perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio, e em Listra; quantas perseguições sofri, e o SENHOR de todas me livrou;
12 E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições.
13 Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados. " II Tm 3:1-13

No próximo texto vou narrar as reações das pessoas que receberam o jornal em mãos e dos pastores e principalmente do pastor presidente da igreja local em relação ao que foi escrito e perceberão que quando se trata de pecado e corrupção eu esbarrei num ice-berg ou talvez num aterro. Falarei da perseguição e calúnias que ja começaram a fazer e acreditem, em pleno culto. Aguardem!

Permaneçam na Graça e frutifiquem nela

segunda-feira, 24 de maio de 2010 às 09:02

24 Comments to "A propaganda política dentro da igreja II - crime camuflado e pecado declarado - um exemplo verídico de hipocrisia"

Denúncia urgente irmão Nicodemos. Continue a cumprir essa nobre tarefa de "Atalaia virtual", trazendo mais artigos que edifiquem e exponham as heresias camufladas.
Crer é pensar. Não podemos engolir qualquer palavrório desvairado como mensagens inspiradas por Deus. Sejamos como os bereianos. Paz.

Graça e paz filho do eterno! Devemos denúnciar mesmo, sem medo de retalhação, não podemos misturar o sagrado com o profano.

Filho do eterno, já sou seguidor do seu blog, pois é de grande relevância espiritual. Quero também agradecer pelos comentários no blog da igreja ao gosto do freguês, passarei por outras vezes, e deixarei os comentários.

Graça e paz do Senhor.

Respondi ao seu comentário em meu blog.
Durante algum tempo não escrevo nada por lá, e acredite,
a sua página me inspirou bastante a continuar.
Realmente Deus está sendo comercializado, e a igreja perecendo por falta de entendimento.

Prezado, Nicodemos,

Graça e Paz!

Fiquei extremamente feliz por sua participação e por suas ponderações extremamente sábias no meu blog.

Que Deus em Cristo continue a vos abençoar abundantemente!

Seu blog está ótimo!

Caro Nicodemos.

Estou segundo seu blog. Ele está ótimo parabes pelas materias.

Shalon

Texto extremamente lúcido. Fico feliz ao saber que existem discípulos de Cristo com discernimento para ser externado pedagogicamente para o esclarecimento não só do facilmente enganável "povo de Deus", mas para mostrar aos céticos que nem todo discípulo é tolo manipulável. Infelizmente esses são minoria. Os poucos não cegos tem a missão de chacoalhar. Parabéns, belo blog. Já estou te seguindo e te divulgando no meu blog. Se vc puder me seguir e divulgar o meu trabalho neste espaço também, agradeço.

Seus comentários serão sempre bem vindos no: http://nocaminhodagraca.blogspot.com/

Forte Abraço!

Bela matéria, coloca com uma propriedade bem esclarecida o assunto, que o Senhor continue a lhe proporcionar bençãos em tua vida.

Amém
http;//vidasimpactando.blogspot.com

Querido Nicodemos, me perdoe mil vezes pela demora em retribuir sua visita lá no blog.
Valeu a pena vir aqui também, viu?
Uma bênção seu espaço.
Fica na paz!

Nicodemos,

Sabendo que geralmente eles declaram no Imposto de Renda, algo bem inferior a realidade, imagino que o patrimônio pessoal dele seja maior do que o declarado. Essa mistura de política e religião é danoso e perigosa. Parabéns pela postagem e pelo conteúdo do seu blog. Obrigado pela visita ao meu espaço virtual.

Abraço.

Paz amado irmão.
Estou aqui para agradecer a sua visita em meu blog e aproveitar para te dar uma dica, recentemente estiver navegando por alguns blogs e li alguns de seus sábios comentários, gostei muito dele e tentei através do seu link encontrar seu blog e não consegui, fiz o mesmo através do google e não tive sucesso, então fica aqui uma dica coloque o link assim: http://atalaiadocastelo.blogspot.com/
fica mais fácil de encontrá-lo, se assim o quiser né irmão? É só uma sugestão tá?
Então....se for de seu agrado volte mais vezes em meu blog e deixe seus comentários, ficarei muito contente, e se quiser me seguir será também uma alegria.
Deus o abençoe, estarei sempre por aqui.
http://sheilapassuello.blogspot.com/
Precisamos mesmo de mais atalaias.

Infelizmente isso é uma coisa que acontece em todo lugar, com mais ou menos intensidade. E o que é mais triste não é só o fato de acontecer, nem o fato de ainda existerem pessoas que seguem tais mentirosos, o pior é saber que existem pessoas que se dizem mais inteligentes que essas que seguem, mas que não sabem separar Deus da religião e acabam por chamar Deus de interesseiro ou simplesmente não acreditam na existencia dEle. Mas nada está perdido enquanto existirem os verdadeiros CRISTÂOS (e os verdadeiros não são aqueles que somente acreditam em Jesus e em suas palavras, os verdadeiros, além disso, revoltam-se com a mentira e tem coragem de falar sobre a verdadeira essência de Deus - com jornais por exemplo). Parabéns pela sua iniciativa irmão. =)

Graça e paz! Tenho muita aversão quanto à relação carnal entre pastores evangélicos e políticos. Em 2005, quando participei da "Marcha para Jesus", eu me senti muito mal quando os pastores pararam em frente à Prefeitura da minha cidade e, com o argumento de quererm orar pela prefeita, estavam de alguma maneira bajulando-a. No ano seguinte, não sei por quais motivações, a "marcha" não parou em frente à Prefeitura. Atualmente não participo mais dessa palhaçada chamada "Marcha para Jesus", pois não acho que os líderes das igrejas estejam de fato marchando para Jesus. Sinto no ar um interesse obscuro de se mostrar número, força política e poder para barganhar. Aliás, hoje em dia existem até pastores que evitam se vincular tão próximos dos candidatos, mas que estão se comprometendo com o poder de várias outras maneiras. Por outro lado, entendo que o cristão não deve ser um alienado (no meu blog, por exemplo, falo sobre política e tenho me oposto à candidatura da petista Dilma por se tratar de uma ameaça para a democracia). Também não vejo nada de errado em orarmos pelos nossos prefeitos, governadores, presidentes, candidatos, parlamentares, juízes e demais autoridades. Quanto ao fato da igreja participar da vida pública e comunitária, também não me oponho porque se cuida de uma manifestação legítima, lembrando as "ekklesias" que existiam na época de Jesus. Claro que a nossa ekklesia é espiritual e busca a propagação de um reino que não pertence a este mundo e daí a importância da Igreja atuar na propagação dos valores cristãos, mostrando quem ela é no meio dos políticos. Sobre o fato de termos cristãos na política, acho muito legal e, neste sentido, não posso negar que sou um político evangélico apesar de não ter sido ainda candidato a nenhum dos cargos eletivos, exceto do grêmio estudantil e da união dos secudaristas em meus tempos de colégio. Mas se amanhã um cristão vem a se candidatar, a princípio não há pecado nisso. Se vou votar nele, não sei, pois vai depender do que ele propõe, de quem seja aliado e com quem se comprometeu. Nestas eleições, por exemplo, pretendo votar na Marina Silva (PV). Não porque ela é evangélica, mas sim porque me parece a melhor opção para o Brasil. E, atualmente, dificilmente eu voto em evangélicos porque a grande maioria dos que se dizem nossos irmãos têm feito muita besteira. Ora, mas como é que as pessoas são induzidas a votar nos candidatos de determinados pastores m certas igrejas?! Na boa. O que assisto por aí, não só na IURD do Edir Macedo, chega a me dar nojo. Enfim, este é o meu desabafo e espero que cada vez mais seja denunciado o que esses maus pastores têm feito com o rebanho de Deus.

Hello Nicodemos, belo nome rs...

De fato é assustador ver que ainda nos dias de hoje o voto obrigatorio ainda seja uma realidade e o pior, dentro das igrejas isso tem se tornado bem comum. A apelação que fazem em ''nome de Jesus'' para que os membros votem nos candidatos que a igreja apoia é muito triste de se ver.

Que Deus continue o iluminando. Graça e paz pra ti e família.

O espero seguindo meu Blog.

Olá, Nicodemos

Queria antes de tudo agradecer a visita e o comentário que você fez em meu blog, pedindo inclusive desculpas pela demora.

Quanto ao texto, muito me enoja a postura desses bandidos mascarados com veste de sacerdote, roubando, usando e abusando descaradamente títulos e bandeiras com o nome de Jesus.

Por muito menos - sem ter presenciado propaganda política propriamente dita ou algo declarado abertamente em privilégio de poucos - eu também me posicionei repudiando esse tipo de evangelismo programado e perfeitamente fascinante e atraente ao próprio ego e que só serve para estimular e exercitar os mais distorcidos sentimentos da alma humana.

Não sou teóloga, nem pastora, nem fiz curso nenhum nesse sentido, mas sou um ser PENSANTE e cidadã lúcida podendo assim falar com propriedade que no campo da ética, muito bem abordada pelo Jesus que certamente não ocupa lugar de honra nesses lugares, usar versículos bíblicos para manipular a mente das pessoas é ato covarde e inescrupuloso.

Admiro sua coragem! E sua prudência, também. Porque de gente assim que não tem medidas nem valores, a gente tem que manter distância mesmo. E isso não é covardia, é precaução. Tem um provérbio que diz que "o prudente vê o mal e corre".

Conte comigo. E que Deus esteja sempre te abençoando!

R.

A graça e a paz da parte de Deus nosso pai e da do Senhor Jesus Cristo. Falamos não para agradar á homens, mais a Deus que esta no Céu. A perseguição é inevitável meu irmão, ainda mais quando nos dedicamos em falar a verdade. Que Deus te abençõe e que possamos compartilhar a verdadeira palavra de Deus. Jesus te abençõe!!!

muito bom!!! Devemos continuar falando sobre tais assuntos, mas também é urgente dizer como os cristãos podem agir de forma próativa e boa dentro da política. Tenho um artigo sobre este assunto no post inaugural de meu blog. http://pietismoluterano.blogspot.com
abraços!!

OLÁ NICODEMOS BLZZ

VOÇE ME AUTORIZA A POSTAR ESTA MATERIA EM MEU BLOG
TE DAREI OS DEVIDOS CREDITOS

ABRAÇO MANO

EVANDER
http://ideologiaefe.blogspot.com/

Paz seja contigo Evander

Claro que autorizo a publicar, pois devemos sempre dar de Graça daquilo que também recebemos.

Se sou honrado com seu interesse em ter lido é meu desejo que outros tomem conhecimento destes fatos e possam ser edificados em Cristo.

Permaneça na Graça e nela frutifique

Caro irmão Nicodemos, admiro sua inteligencia , mas você não colocou nenhuma colocação contra você isso também é medo ou não? Rapaz tenho muita pena de você . Sabe por que você não esta usando essa inteligencia para coisa boa, porque você não faz um curso de pastor não vê como é a vida de quem você não conhece.E se você não concorda com a posição destas pessoas a biblia manda você orar não se levantar com rebeldia e tunultuar. Caro irmão tenho pena de você pois vai acontecer com você o que aconteceu com Daniel perdeu o que mais gostava seu filho, pena que você so vai perceber a tolice que esta fazendo depois que a mão do senhor pesar.A palavra de Deus é bem clara Jovem quando fala que não estamos aqui para julgar nem tão pouco para condenar, sua missão é orar, faça isso. Quem é você para falar de Silas Malafaia, Pastor Garcia,se você não acredita em campanha em momento nenhum o Pastor quis dizer que Deus só estaria ali nos três dias, não faça isso jovem, Ele quis dizer apenas que Deus agiria da maneira que o colocou para ser usado para abençoar outras pessoas, pare com isso rapaz, sabe o que estou fazendo orando por você , você não deve ser crente de berço veio do catolicismo não esqueceu ainda o que rebeldia , nós sabemos que fé é fé. Outra coisa dá oferta quem quer. Pare de levantar contra homens de Deus, ore por eles assim como estamos fazendo por você. Ai daquele em que DEus pesar sua mão.Cuidado, só espero que quando essa mão pesar você se lembre do que esta fazendo pois você vai colher cada levante.

Sou de outra igreja e recebi seu jornalzinho domingo rapaz estou indignado com sua atitude , quem é você que se julga advogado e Juiz e sai condenando homens de Deus.Você realmente é um cristão em construção o que Jesus diria desta sua atitude.Você diz que é um seguidor de Jesus então faça como ELE.PORQUE VOCÊ NÃO DEIXA COMENTÁRIO QUE NÃO CONCORDA COM VOCÊ.EUNICE

Paz irmão, rapaz olha o que você colocou abre a boca a favor do mudo, pelo direito de todos os que se acham desamparados.Abre a boca, julga retamente e faze justiça aos pobres e necessário.Proverbio 31:8-9 Vc sabe quem fala quem julga e quem faz a justiça somente ao Senhor.Você deixa o espirito santo lhe orientar porque você rapaz é inteligente, culto a gente ve pela sua escrita mas de Deus você é menino como diz a biblia.Se não concorda ore.Manoel

Paz seja contigo Xandy Andrade

Percebo que também é mais um que compactua com tais erros. Das coisas que afirmou acertou em cheio que não nasci em "berço evangélico", nasci em lar católico, frequentei centros de macumba durante minha adolescência e acredite xandy, conheci muitos caminhos tortuosos antes de conhecer a Cristo e ser por Ele salvo, mediante a fé que pela pregação da Palavra de Deus. talvez não tenha se dado conta que a campanha do pr Garcia "coincidentemente", talvez tu acredite nisso, aconteceu na semana seguinte ao anuncio de que as arrecadações de ofertas para a construção do novo templo ficaram muito abaixo do esperado.

Lhe convido também a conversar frente a frente e expôr argumentos bíblicos, bem como a outros que contigo estão orando. Pois os pastores todos da igreja aos quais tenho perguntado o fundamento de tais campanhas e ofertas exorbitantes e ainda que da penúltima que chegou a R$ 500.00 teve desconto para R$ 300.00, um bom desconto poderia concordar, mas como Deus pagou o preço na cruz pela oferta do seu unigênito em favor de todo aquele que nele crer, então ninguém tem de pagar nada pois a Graça de Deus ja incluiu a salvação, a vida eterna, a libertação, a paz e a alegria no Espírito Santo.

Enfim Toda sorte de bençãos nas regiões celestiais em Cristo Jesus nos foi dada por Deus. não tenho que pagar nada para ninguem que se aventure a agir como concessionaria daquilo que Deus ja providenciou para a humanidade.

O estudo teológico tem grande valor associado a um coração íntegro e mente comprometida com a justiça. Uma coisa é a prosperidade da Teologia e outra é a Teologia da prosperidade.

não poderia ser pastor nos termos com os quais tenho presenciado. Uma mão sobre a bíblia e a outra sobre mandamentos humanos dado por lideres que querem manter a arrecadação em dia.

Percebo que não és aplicado ao estudo da bíblia, pois repete jargões amplamente divulgados nas igrejas como:

"Deus vai pesar a mão"
"não se pode ir contra autoridade"

Para que possas iniciar seus estudos começo por dois textos simples:

João 7:24 Não julgueis pela aparência mas julgai segundo o reto juízo.

Atos 5:29 Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens.

Recomendo que depois de ler com um pouco mais de dedicação vais entender que não me levantei contra ninguem, mas me levantei em favor da pregação do evangelho e daqueles que tem sido oprimidos por pregadores e pregações com teor mercantilista.

Mas se tu ainda assim preferir acreditar nas palavras de homens e não quer examinar as escrituras sagradas eu vou entender, apesar de não ver nenhuma edificação em apenas ouvir sem examinar as escrituras.

lembre-se dos crentes de Beréia (At 17) que examinavam se o que o apóstolo paulo pregava estava de acordo com as escrituras.

Reafirmo meu amor pela igreja de Cristo(invisivel) e pelo evangelho. Não tenho pena de ti, pois o que tu fazes é exercer seu livre-arbitrio, do qual vais certamente colher também assim como eu por nossos atos.

Caso queira conversar pessoalmente, me coloco a disposição para expôr os argumentos bíblicos e bem como ouvir aos teus.

Permaneça na Graça e nela frutifique

Paz seja convosco

Pois ao que me parece falo com xandy, eunice e manoel. Agradeço por me chamar de menino, porém devo dizer que sou menino para o que é mal, porém bastante maduro para artimanhas que são inseridas no dos cultos e pregações.

Ainda que não perceba minhas intenções e discorde, peço que avalie tudo o que tem sido escrito e examine as arvores e os frutos antes de me JULGAR. Aliás se eu não posso julgar nada e nem ninguém, como poderemos então escolher o certo e o errado se não podemos realizar nem sequer um julgamento mediante as Sagradas Escrituras.

Postar um comentário

Seja educado ao expôr suas idéias! Anonimato é sinal de medo e não é legal. És convidado a opinar e questionar. Base bíblica é sempre bem vinda, principalmente se desejar falar a respeito da bíblia.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

É IMPORTANTE ESCLARECER QUE ESTE BLOG, EM PLENA VIGÊNCIA DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO, EXERCITA-SE DAS PRERROGATIVAS CONSTANTES DOS INCISOS IV E IX, DO ARTIGO 5º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL.

RELEMBRANDO OS REFERIDOS TEXTOS CONSTITUCIONAIS, VERIFICA-SE:

“É LIVRE A MANIFESTAÇÃO DO PENSAMENTO, SENDO VEDADO O ANONIMATO" (INCISO IV) E "É LIVRE A EXPRESSÃO DA ATIVIDADE INTELECTUAL, ARTÍSTICA, CIENTÍFICA E DE COMUNICAÇÃO, INDEPENDENTEMENTE DE CENSURA OU LICENÇA" (INCISO IX).

ALÉM DISSO, CABE SALIENTAR QUE A PROTEÇÃO LEGAL DE NOSSO TRABALHO TAMBÉM SE CONSTATA NA ANÁLISE MAIS ACURADA DO INCISO VI, DO MESMO ARTIGO EM COMENTO, QUANDO SENTENCIA QUE "É INVIOLÁVEL A LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA E DE CRENÇA".

TENDO SIDO EXPLICITADA, FAZ-SE NECESSÁRIO, AINDA, ESCLARECER QUE AS MENÇÕES, AFERIÇÕES, OU ATÉ MESMO AS APARENTES CRÍTICAS QUE, PORVENTURA, SE FAÇAM A RESPEITO DE DOUTRINAS DAS MAIS DIVERSAS CRENÇAS, SITUAM-SE E ESTÃO ADSTRITAS TÃO SOMENTE AO CAMPO DA "ARGUMENTAÇÃO", OU SEJA, SÃO ABORDAGENS QUE SE LIMITAM PURAMENTE ÀS QUESTÕES TEOLÓGICAS E DOUTRINÁRIAS. ASSIM SENDO, NÃO HÁ QUE SE FALAR EM DIFAMAÇÃO, CRIME CONTRA A HONRA DE QUEM QUER QUE SEJA, RESSALTANDO-SE, INCLUSIVE, QUE TAIS DISCUSSÕES NÃO ESTÃO VOLTADAS PARA A PESSOA, MAS PARA IDÉIAS E DOUTRINAS.