Quanto vale seu direito? Esaú descobriu...

         Nos últimos estudos analisamos como o mau uso da Palavra de Deus para fins particulares, ainda que disfarçados supostamente em objetivos da igreja, e percebemos o escândalo e descrédito que tais atitudes atraem sobre o nome das igrejas evangélicas.

         Noutros tempos a igreja era perseguida por denunciar os erros e a hipocrisia do sistema do mundo com seus valores corrompidos; a igreja assumia o papel de sal na terra de luz no mundo trazendo o amor, a justiça e o juízo de Deus a todas as pessoas mediante o poder do Espírito Santo e do testemunho pessoal na vida de cada crente.

            Hoje a igreja é confrontada com os mesmos erros que critica e condena. Aqueles que deveriam ser modelos no comportamento são muitas vezes mais corruptos e criminosos que aqueles que acusam. E superando em muito a perfídia e maldade dos fariseus dos tempos de Jesus mercadejam as almas das pessoas a troco de votos e poder temporal. Enganam e torcem o direito, justificando os erros e ignorando os princípios eternos da Palavra de Deus.
            Isto ficou bem evidenciado nos artigos que a mídia secular tem escrito e no artigo de minha autoria que demonstro que a propaganda política dentro da igreja camuflada em mandamentos divinos é uma falácia mentirosa que somente aqueles que dela obtém lucro direto ou indiretamente tem coragem de apoiar. Mas do mesmo modo que Esaú vendeu o seu direito de primogenitura por um guisado de lentilhas eles vendem a honra e privilégio de servir a Cristo pela oportunidade de agradar a homens e lucrar com o “status quo” que adquirem após eleitos.

30 E disse Esaú a Jacó: Deixa-me, peço-te, comer desse guisado vermelho, porque estou cansado. Por isso se chamou Edom.
31 Então disse Jacó: Vende-me hoje a tua primogenitura.
32 E disse Esaú: Eis que estou a ponto de morrer; para que me servirá a primogenitura?
33 Então disse Jacó: Jura-me hoje. E jurou-lhe e vendeu a sua primogenitura a Jacó.
34 E Jacó deu pão a Esaú e o guisado de lentilhas; e ele comeu, e bebeu, e levantou-se, e saiu. Assim desprezou Esaú a sua primogenitura. Gênesis 25:30-35

            Mas não podemos ignorar as conseqüências que certamente vem sobre qualquer um que na semelhança de Esaú vende aquilo que não pode ser negociado por preço nenhum. Esaú vendeu o direito a ser o primogênito de seu pai Jacó. Qualquer crente (seja Pastor ou não) que trocar a Palavra de
 
 
Deus por mandamentos de homens; que trocar o certo pelo errado; o puro pelo impuro; a santificação pela encenação; a justiça pelo benefício próprio; o arrependimento do pecado pelo encobrimento dos erros terá o seu prato de sopa nesta terra tão saboroso quanto o dele e sofrerão ainda nesta vida e no dia do juízo a rejeição de Deus.

14 Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;
15 Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem.
16 E ninguém seja devasso, ou profano, como Esaú, que por uma refeição vendeu o seu direito de primogenitura.
17 Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a bênção, foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que com lágrimas o buscou. Hebreus 12:14-17

            Então mesmo que tais se julguem espertos a ponto de escaparem da justiça de Deus poderão caso não se arrependam a tempo terminar condenados eternamente e tendo como companhia eterna Satanás e seus demônios.

          Tem coisas que só se percebe mesmo o valor é quando se perde....

           Não venda  nem por alto preço ou preço algum aquilo que foi o maior presente que a humanidade recebeu gratuitamente cujo preço foi pago por Cristo Jesus.


quinta-feira, 15 de julho de 2010 às 19:25 , 2 Comments

GOSPEL MARKET II - Cadastrando os membros ou será os clientes?

Os tempos são mesmo difíceis... Difíceis para os membros das igrejas. Pois enquanto os pastores já dispõem de sua credencial que agora é usada para facilitar as compras em shopping centers, hospedagens em hotéis e pousadas, academias e compras em milhares de estabelecimentos como já mostrado no outro post GOSPEL MARKET....

Agora é necessário que o crédito para cobrir as compras seja levantado, afinal a Igreja deve zelar pelo seu bom nome e Pastores maus pagadores não são tolerados (ao menos na teoria é assim). Para solucionar quaisquer problemas neste sentido a secretária geral de administração e finanças da Igreja do Evangelho Quadrangular lançou um novo modelo de ficha de membresia. Vejam a mensagem:

Cadastro Nacional da Membresia Quadrangular - Nova Ficha Cadastral
"Pastores Titulares, o cadastramento da membresia quadrangular já está disponível. Se você já cadastrou o seu login e sua senha, baixe a ficha cadastral, faça um levantamento de sua membresia e cadastre no Sistema de Gestão da Igreja Local."
 FICHA DE MEMBRESIA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR

Não viu direito? Vou ampliar o detalhe: Mas depois vá ao site e veja com seus próprios olhos


 É isto mesmo que parece. O membro que aceita a Cristo e deseja congregar em uma igreja deverá informar o quanto recebe de salário e se é ou não dizimista.


Deste modo podemos concluir que em termos de gerenciamento empresarial a igreja vai muito bem. Sabem bem de onde retirar os recursos para pagar os salários modestos dos grandes "homens de Deus", manter a "carruagem" destes sempre 0 Km. E podem até fazer estimativas sobre o potencial de arrecadação financeira dos fiéis.


Aliás, os membros desta igreja estão bem servidos de pastores que  por meio de manipulações das Escrituras Sagradas imporão medo e terror de tal forma que o individuo que se negar a dizimar carregará sobre os ombros  maldições e pecados. São comum  ideias inseridas em toda a liturgia dos cultos e o texto bíblico mais lido, o mais citado e sobre o qual quase todas as orações de consagração de dízimos e ofertas.


Quem nunca ouviu este versículo:


Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas dos céus e não derramar sobre vós bênçãos sem medida. Malaquias 3:10

Sabem até a base tributária que vão impor sobre seus membros, afinal, os dízimos já serão declarados na fonte e serão recolhidos no altar. Afinal a igreja não quer que o leão do imposto de renda ataque  e nem tampouco deixar os gafanhotos devorarem aquilo que os próprios "lobos" (não quero ofender o Canis lupus que é o maior membro selvagem da família canidae, mas já que Jesus usou a imagem deste voraz predador que ocupa normalmente o topo da cadeia alimentar no ecossistema em que esta inserido então só me resta concordar com o mestre).
Sem adentrar muito no contexto bíblico e significado desta passagem que fazem parte da velha aliança farei só um comentário breve sobre o "devorador" e sobre as "janelas dos céus"que os pastores gostam tanto de lembrar que vão pegar o dinheiro de quem não dizimar. 
8Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas.
    9Vós sois amaldiçoados com a maldição; porque a mim me roubais, sim, vós, esta nação toda.
    10Trazei todos os dízimos ã casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal bênção, que dela vos advenha a maior abastança.
    11Também por amor de vós reprovarei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; nem a vossa vide no campo lançará o seu fruto antes do tempo, diz o Senhor dos exércitos.
    12E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o Senhor dos exércitos. Malaquias 3:8-12

No contexto do velho testamento as passagens se referem ao povo de Israel que dentro da aliança estabelecida com Deus deveriam dizimar de tudo o que produzissem e levar ao templo para que não faltasse o mantimento aos sacerdotes que devotavam suas vidas ao serviço do templo, os quais não tinham herança no meio do povo de Israel. Os mantimentos serviam também para o auxílio aos pobres e necessitados.

Outro fato importante a se considerar era que Israel estava negligenciando a Deus em seu relacionamento dentro do concerto com Deus. Então Deus os desafia a manterem-se fiéis de maneira que "as janelas dos céus" que eram as chuvas necessárias ao plantio da semente e crescimento até a colheita e a repreensão ao "devorador" se referia a locustas (insetos semelhantes a gafanhotos que atacavam as plantações).

Em outro momento abordarei com maior profundidade este assunto dos dízimos e ofertas.

Enquanto isto pensemos...
Qual o objetivo que leva uma denominação a lançar uma credencial de pastores que funciona como cartão de crédito e o motivo de que as fichas de cadastros de membresia tenham semelhança com cadastro de abertura de crediário de loja?

Posso com bom embasamento pressupor que o alvo é arrecadar dinheiro para manter o padrão de vida e luxo de muitos pastores predadores. Que se refugiam em seus luxuosos feudos enquanto os irmãos humildes tem de conviver com o estigma de que o pecado esta em suas vidas por serem pobres ou por não ofertarem em tudo quanto lhes for determinado.
Quando jesus alertou o povo acerca da hipocrisia dos fariseus e disse que eles faziam longas orações nas casas das viúvas e devoravam os bens destas piedosas senhoras que eram enganadas por tais lobos

E dizia no seu ensinamento: “Guardai-vos dos escribas que gostam de circular de toga, de ser saudados nas praças públicas, e de ocupar os primeiros lugares nas sinagogas e os lugares de honra nos banquetes, mas devoram as casas das viúvas e simulam fazer longas preces. Esses receberão condenação mais severa. Marcos 12:38-40

Os pregadores modernos são ainda piores pois não fazem nem sequer longas orações (fingidas ou verdadeiras, Deus o sabe) e muito menos gostam de visitar casas de viúvas ou de pessoas pobres. Como conclui isto?

Em um culto de uma campanha de sete orações denominada: enterrando a miséria, quem pregou teve a audácia de afirmar que pessoas que tem em sua casa copo de vidro de requeijão ou copo de vidro de milho ou copo de vidro de massa de tomate e os utiliza para tomar água é sinal de espírito de miséria.

E ainda disse para imaginarmos como seria receber o Pastor Titular em nossa casa e se iríamos servir a ele em copos destes?

Depois num ritual teatral grotesco entram na igreja 4 pastores carregando um caixão no qual o espírito de miséria é sepultado em mais um elo desta "corrente" .

Acredito que as pessoas que se levantaram e saíram da igreja durante tal evento teatral não se sentirão bem com tal situação e os demais que visivelmente estavam constrangidos com tal cena e com o fato de serem pessoas pobres e não terem taças de cristal para banquetear ao pastor em suas humildes casas precisaram de muito consolo da parte de Deus para permanecerem firmes na fé.

Eu como membro desta igreja tristemente ouço relatos destes vindo de irmãos feridos e magoados por aqueles que deveriam pastorear o povo até verdes pastos e águas limpas. Também afirmo que não deixo a congregação na mão destes opressores e a eles só restam duas opções:

Ou se arrependem e voltam a sã doutrina da Palavra de Deus ou deixam a igreja e abrem um açougue e matadouro, lá sim eles poderão matar rebanhos e devorar as carnes até se enfastiarem.

Tempos difíceis e geração má e perversa.

Mais um produto e serviço da infernal e lucrativa linha GOSPEL MARKET

Comentário importante: Apesar destes fatos eu tenho plena convicção de que há nesta denominação muitas pessoas comprometidas com o Evangelho e que sinceramente não tomam parte nestas artimanhas. Homens e mulheres que servem a Cristo e que muitas vezes não imaginam que seus líderes articulam o santo e o profano, Deus e as riquezas. Pastores que almejam o pleno conhecimento de Cristo para os membros de suas igrejas. Em consideração a estes servos de Deus é que lutei, luto e ainda vou lutar muito para que não esmoreçam na fé e não sejam contaminados pela corrupção e mau testemunho de mentes corrompidas que lutam pela manutenção de seus "status quo".

terça-feira, 13 de julho de 2010 às 18:48 , 7 Comments

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

É IMPORTANTE ESCLARECER QUE ESTE BLOG, EM PLENA VIGÊNCIA DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO, EXERCITA-SE DAS PRERROGATIVAS CONSTANTES DOS INCISOS IV E IX, DO ARTIGO 5º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL.

RELEMBRANDO OS REFERIDOS TEXTOS CONSTITUCIONAIS, VERIFICA-SE:

“É LIVRE A MANIFESTAÇÃO DO PENSAMENTO, SENDO VEDADO O ANONIMATO" (INCISO IV) E "É LIVRE A EXPRESSÃO DA ATIVIDADE INTELECTUAL, ARTÍSTICA, CIENTÍFICA E DE COMUNICAÇÃO, INDEPENDENTEMENTE DE CENSURA OU LICENÇA" (INCISO IX).

ALÉM DISSO, CABE SALIENTAR QUE A PROTEÇÃO LEGAL DE NOSSO TRABALHO TAMBÉM SE CONSTATA NA ANÁLISE MAIS ACURADA DO INCISO VI, DO MESMO ARTIGO EM COMENTO, QUANDO SENTENCIA QUE "É INVIOLÁVEL A LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA E DE CRENÇA".

TENDO SIDO EXPLICITADA, FAZ-SE NECESSÁRIO, AINDA, ESCLARECER QUE AS MENÇÕES, AFERIÇÕES, OU ATÉ MESMO AS APARENTES CRÍTICAS QUE, PORVENTURA, SE FAÇAM A RESPEITO DE DOUTRINAS DAS MAIS DIVERSAS CRENÇAS, SITUAM-SE E ESTÃO ADSTRITAS TÃO SOMENTE AO CAMPO DA "ARGUMENTAÇÃO", OU SEJA, SÃO ABORDAGENS QUE SE LIMITAM PURAMENTE ÀS QUESTÕES TEOLÓGICAS E DOUTRINÁRIAS. ASSIM SENDO, NÃO HÁ QUE SE FALAR EM DIFAMAÇÃO, CRIME CONTRA A HONRA DE QUEM QUER QUE SEJA, RESSALTANDO-SE, INCLUSIVE, QUE TAIS DISCUSSÕES NÃO ESTÃO VOLTADAS PARA A PESSOA, MAS PARA IDÉIAS E DOUTRINAS.